terça-feira, 15 de setembro de 2015

“Alma Palavra Alma” estreia no 48º FBCB

Longa-metragem mostra a situação das etnias que vivem no Posto Indígena de Dourados, em Mato Grosso do Sul
Vivemos em um País com uma expressiva população indígena. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 896 mil índios, que vivem espalhados em áreas rurais, terras indígenas e centros urbanos de diversas regiões do Brasil. No entanto, a marginalização ainda é um fator predominante em suas vidas, pois diariamente eles lutam para alcançar a plena autonomia, conservando suas tradições, crenças e línguas.

Com o intuito de mostrar tal realidade, o documentário “Alma Palavra Alma”, produzido pela TMTA/START Filmes, com direção de Delvair Montagner e Armando Bulcão, apresenta as etnias Guarani Kaiowá, Guarani Ñandeva e Terena, que vivem no Posto Indígena de Dourados, em Mato Grosso do Sul.
O documentário traz depoimentos fortes de famílias que vivem apreensivas e em constante sofrimento, mas que batalham para terem seus direitos e são perseverantes no que almejam alcançar. Também mostra relatos de autoridades e pontos de vista colocados e questionados por estudiosos desses povos. O mergulho feito neste universo, com intenção de dar voz ao drama encarado por eles, salientando o lado humano, psicológico e social, torna “Alma Palavra Alma” um filme sensível e impactante.

“A miséria e a exclusão a que estão sendo submetidos esses povos é, em parte, consequência da superlotação. O caso é singular. Os Guarani habitavam a reserva de Dourados quando o governo/Serviço de Proteção aos Índios (SPI) resolveu colocar famílias de Terena para ensinar-lhes agricultura. Na medida em que o número de famílias aumentou e foi atraindo parentes de outras áreas indígenas para a reserva, o espaço ficou insuficiente para abrigar todos, ocasionando um excessivo fracionamento da terra e suscitando os conflitos que encontramos por lá”, aponta a antropóloga e diretora do filme, Delvair.
O filme vai disputar a 20ª edição do Troféu Câmara Legislativa do Distrito Federal, com estreia durante o 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB), que acontece no Cine Brasília, entre os dias 15 e 22 de setembro. Das 81 produções brasilienses inscritas, quatro longas-metragens foram escolhidos, entre eles “Alma Palavra Alma”.
Além dos diretores, o jovem guarani Kenedy Moraes, que participou do filme, estará presente na estreia dia 17 de setembro, às 17 horas.
Produtora engajada em causas indígenas

"Alma Palavra" não é o primeiro trabalho da START Filmes que mostra a realidade dos povos indígenas. Em 2008, produziu o documentário "Ñande Guarani", que trata da integração de políticas públicas entre Brasil, Paraguai e Argentina para a população Guarani que vive nos três países. O longa mostra a luta daquele povo pelo reconhecimento e demarcação de suas terras e das dificuldades que encontram para manter sua identidade cultural, em razão de barreiras burocráticas que os impedem de circular livremente entre um país e outro, como é sua tradição.
“Ñande Guarani" enfatizou situações nas regiões de fronteira dos Guarani Kaiowá, no Mato Grosso do Sul (municípios de Dourados, Amambaí e Japorã) e dos Avá-Guarani, no Paraná (região de Foz do Iguaçu e Guaíra). O documentário, além de ser exibido na TV Cultura, também participou da mostra competitiva de longas-metragens (35 mm) na 41ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, quando recebeu o prêmio de melhor som e levou o Troféu Cinememória.
 FICHA TÉCNICA

 Direção e Roteiro: Delvair Montagner e Armando Bulcão
Diretor de Produção: Otamar Carneiro
Diretor de Fotografia: André Luís da Cunha
Produção Executiva: André Luís da Cunha/Otamar  Carneiro
Som direto: Acácio Campos
Edição de som e mixagem: Iuri Rio Branco
Montagem: Armando Bulcão
 SERVIÇO
 Estreia do longa-metragem Alma Palavra Alma no 48º FBCB
Data: 17 de setembro (quinta-feira)Horário: 17h
Local: Cine Brasília - EQS 106/107 Sul Classificação indicativa: Livre
 CONTATOS
 Rafaella Osler – 61 3327-0351 / 61 9386-2857-rafaellatmta@gmail.com
 Vanessa Medrado – 61 3327-0351 / 61 9956-2882-vanessatmta@gmail.com


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo