domingo, 27 de dezembro de 2015

Iranianos criam 'muros da gentileza' para ajudar sem-teto

Uma iniciativa iraniana está promovendo a doação de roupas nos muros das cidades do país para ajudar moradores sem teto e famílias pobres a suportarem o clima o frio dessa época do ano.
Os "muros da gentileza", como a iniciativa ficou conhecida, apareceram nas maiores cidades do Irã e desataram um amplo debate nas redes sociais sobre como ajudar os mais pobres.
A ideia parece ter surgido na cidade de Mashhad, no nordeste do país.
Uma pessoa que, segundo um jornal local, deseja permanecer no anonimato colocou ganchos e cabides em um muro e escreveu: "Se você não precisa, deixe aqui. Se você precisa, leve."

 Aos poucos, as pessoas começaram a deixar casacos, sapatos e outras roupas de inverno nos muros para moradores sem-teto ou famílias pobres.

E a ideia se espalhou rapidamente para outras cidades iranianas graças às redes sociais, onde fotos de muros com doações começaram a ser postadas com mensagens pedindo colaboração.
"Não deixem nenhum (sem-teto) tremer de frio neste inverno", diz uma delas.
Leia também: Separado de fêmeas, peixe-boi 'garanhão' ganha novo lar para curar depressão
"Esta é uma ótima iniciativa. Espero que se espalhe para o resto do Irã", disse um usuário do Facebook.
"Os muros nos lembram da separação, mas, em algumas ruas de Shiraz, eles uniram as pessoas", comentou outro, sobre um muro da gentileza instalado em uma cidade no sul do Irã.
Governo
Algumas pessoas, porém, viram na necessidade dessa iniciativa indícios de que o governo não está cumprindo suas promessas.
"Os que estão no comando (do país) não parecem ter as mesmas preocupações das pessoas (que estão ajudando)", diz um comentário no Facebook.
"Se nós tivéssemos um estadista sábio e solidário, não teríamos nenhuma pessoa passando necessidade neste país, já que temos uma grande quantidade de riquezas", reclama outro.
Apesar dos esforços do governo do presidente Hassan Rouhani para tirar o Irã do isolamento da comunidade internacional - que resultaram no histórico acordo nuclear fechado em julho -, o país ainda enfrenta uma recessão econômica e o desemprego continua grande.

Muitos iranianos foram afetados pela situação e, segundo alguns dados, o número de sem-teto nas grandes cidades teria aumentado.
Estatísticas oficiais sugerem que existem 15 mil sem-teto no Irã, mas outras estimativas dizem que são 15 mil apenas na capital, Teerã.
Várias organizações governamentais são encarregadas de cuidar dessas populações. Mas há dúvidas sobre sua eficácia e transparência.
"Precisamos fazer isso sozinhos (ajudar as pessoas). A vida é muito curta. Seja gentil", disse um usuário do Instagram.
Recentemente, uma organização iraniana criou outra iniciativa semelhante, na qual geladeiras eram distribuídas pelas ruas de Teerã para que as pessoas deixassem comida para os sem-teto.
Fonte:BBC

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo