sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

3 razões pelas quais os homens insistem em relacionamentos ruins

 É uma das verdades inegáveis da vida: os relacionamentos terminam. E isso não é necessariamente algo ruim. Embora existam alguns raros casos de namorados da época do colegial que passam a vida inteira juntos, a grande maioria de nós não se sentiria confortável pensando em passar o resto da vida com a pessoa a quem juramos amor eterno na escola.
Nós crescemos, evoluímos, passamos por diversos momentos de descoberta e mudanças de personalidade, e eventualmente entendemos que tínhamos clareza e consciência suficientes para saber que tipo de parceiro gostaríamos de ter.Eu chamo estas experiências de “relacionamentos teste,” e eles são uma parte fundamental das nossas vidas, cruciais para que possamos descobrir a nossa linguagem e nossas necessidades no amor.
Mas às vezes – e muitos de nós já fomos culpados disso em algum momento – simplesmente não sabemos quando terminar, agradecer ao nosso parceiro por tudo que aprendemos, e seguir em frente. E como a ciência mostra que os términos são muito mais difíceis para os homens, parece que eles têm uma probabilidade maior de continuarem em relacionamentos que, na verdade, já acabaram há algum tempo.
Nos Estados Unidos, o Centro Nacional de Estatísticas de Saúde mostra que 80% dos divórcios são iniciados pelas mulheres.Quais fatores psicológicos alimentam esta ansiedade extrema e este medo de “desistir” do relacionamento? Vamos dar uma olhada em três razões comuns encontradas pela ciência para entender por que os homens têm dificuldade em terminar: Os homens acham que perderam muito tempo.

Honestamente, é muito frustrante ouvir alguém se referir a um relacionamento passado como uma completa perda de tempo. Se você é capaz de olhar para este tempo juntos e dizer que aprendeu uma única coisa sobre si mesmo, sobre o mundo dos relacionamentos, ou até sobre a arte de passar por um término, você já é uma pessoa mais desenvolvida do que antes.
Nunca subestime o valor da introspecção após um relacionamento – não importa quão breve ou longo – porque todas as experiências modelam o tipo de parceiro que você quer ser. Sim, talvez a sua conta corrente tenha sofrido um baque ou você tenha recusado as investidas de uma colega de trabalho atraente por meses, mas o que você ganhou e aprendeu sobre si mesmo é intangível. Aproveite este conhecimento.
Eles acham que podem consertar o relacionamento.Sabemos que os relacionamentos irão enfrentar obstáculos, mas há uma diferença entre um “momento difícil” e uma dissonância fundamental que não pode ser consertada.
Prender-se a algo que já acabou só irá criar mais ressentimento e desprezo, mas as pesquisas mostram que 1 a cada 6 homens continua em um relacionamento ruim por pelo menos 6 meses, esperando para ver se a relação melhora. A ironia é o fato de que esta filosofia irá criar um círculo vicioso com a razão anterior, já que é mais “tempo perdido.”
Fonte:YourTango / Crédito da imagem: iStock

Por Amanda McCoy

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo