quinta-feira, 2 de junho de 2016

Hollande anuncia estado de catástrofe natural

Condições atmosféricas vão piorar nas próximas horas. Capital francesa está em alerta. Museu do Louvre vai fechar
François Hollande anunciou hoje que o estado de catástrofe natural será reconhecido a partir de quarta-feira, dia em que se realiza a próxima reunião de Conselho de Ministros do Governo francês. O presidente de França referiu que essa medida abrangerá as regiões mais afetadas pelas intempéries e pelas inundações.
Uma mulher morreu e dezenas de casas foram evacuadas nas regiões do centro de França, depois de vários dias de chuva constante que, em algumas zonas, já provocaram as piores inundações do último século. A situação tem sido particularmente complicada nas regiões atravessadas pelos rios Loire e Sena, cujas águas galgaram as margens. Segundo a AFP, o Museu do Louvre, em Paris, vai ser encerrado amanhã, sexta-feira, como medida de precaução devido às cheias. As obras armazenadas no subsolo do edifício serão retiradas para os pisos superiores, revelou fonte do museu. Recorde-se que o Louvre é o museu mais visitado do mundo: recebe cerca de nove milhões de pessoas por ano.
fonte: Diário de Noticias


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo