segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Band e Record podem ficar no prejuízo com as Olimpíadas



Os canais dividem os direitos com seus canais secundários, como a Record News, na TV aberta, e os canais SporTV na TV paga Apenas três emissoras brasileiras abertas investiram na transmissão dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro: Globo, Record e Bandeirantes. Os canais dividem os direitos com seus canais secundários, como a Record News, na TV aberta, e os canais SporTV na TV paga De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, a Globo foi o canal que mais investiu nos jogos, e também será a mais beneficiada.Tendo investido cerca de US$ 250 milhões nos jogos, o canal carioca é o único a não correr risco de fechar com prejuízo, mesmo que possa não obter um lucro relevante, acabando com as contas “zeradas”.Já a Record e a Bandeirantes, segundo o jornalista, investiram na cobertura da Olimpíada cerca de US$ 44 e US$ 40 milhões, respectivamente. Porém, segundo o jornalista, é provável que os dois canais possam fechar com prejuízo, já que o dinheiro gasto nas transmissões superou a cota oferecida pelos patrocinadores Fonte: N minuto.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo