terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Cai o número de pessoas feridas em acidentes de trânsito no DF

Em 2016, o Detran registrou o menor número de feridos dos últimos 15 anos, 10.306


Dados levantados pela equipe da Gerência de Estatística do Detran-DF, junto às delegacias e às unidades de saúde, vem registrando uma redução progressiva na quantidade de feridos em acidentes de trânsito no Distrito Federal. O número registrado em 2016 – 10.306 pessoas – é o menor desde 2002.
Em relação a 2015, que registrou 11.100 feridos, a redução foi de 7%. E se comparado a 2014, com 12.729, a queda foi de 19%. A tendência continua. Tanto que em janeiro deste ano, o número de feridos – 714 pessoas – foi praticamente o menor, desde 2000, perdendo apenas para 2004, quando foram registrados 629 feridos.
A redução na quantidade de vítimas também representa uma economia para o Estado. Um estudo relativo aos impactos sociais e econômicos dos acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas, realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), estima em R$ 17,5 mil o custo médio unitário de cada acidente de trânsito com feridos.
Em outra pesquisa realizada pelo Ipea, em parceria com o Denatran e a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), verificou-se, no caso de acidentes rodoviários, o custo de R$ 36,3 mil para os feridos.
Além disso, o Estado arca com outros prejuízos, a exemplo da perda da capacidade produtiva, quando a pessoa está afastada do trabalho em razão do acidente, além dos custos hospitalares e em, alguns casos, com indenizações.
Assessoria de Comunicação
Departamento de Trânsito do Distrito Federal

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo