quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Presidente eleito do Senado não pode permitir que questões pessoas interfiram no desempenho do cargo, diz Caiado

O líder do Democratas, Ronaldo Caiado (GO), afirmou nesta quarta-feira (1º/2) que o presidente eleito do Senado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), não pode permitir que questões pessoais interfiram no desempenho de suas funções no comando da Casa. Eunício Oliveira venceu a disputa pela presidência na noite de hoje por 61 votos a 10 e estará à frente do Senado pelos próximos dois anos.  

“Esperamos que o presidente eleito do Senado não permita que problemas pessoais interfiram nas funções requeridas para quem comanda a Casa. Ao se ocupar de questões pessoais, o poder legislativo acaba sendo comprometido abrindo espaço para que outros poderes intervenham em ações e atribuições que são nossas”, opinou Caiado.   
*RESULTADO FINAL*
Composição da MESA - Biênio 2017-18

1º vice-presidente - 
Fábio Ramalho (PMDB-MG) - recebeu 285 votos

2º vice-presidente
André Fufuca (PP-MA) - eleito com 283 votos

1º secretário
Giacobo (PR-PR) - eleito com 406 votos

2º secretário
Mariana Carvalho (PSDB-RO) - eleita com 416 votos

3º secretário - 
JHC (PSB-AL) - recebeu 240 votos

4º secretária
Rômulo Gouveia (PSD-PB) - eleito com 433 votos
Suplentes eleitos
Dagoberto (PDT-MS)
Pedro Uczai (PT-SC)
César Halum (PRB-TO)

Carlos Manato (SD-ES)                        
Matéria: Assessoria Liderança Democratas Senado


imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo