sexta-feira, 3 de março de 2017

O depoimento foi agendado nesta sexta (3) pelo juiz Sergio Moro.

Além do ex-presidente, também serão interrogados, no final de abril, os réus

Leo Pinheiro, Agenor Medeiros, Paulo Gordilho, Fábio Yonamine e Roberto Moreira Ferreira, da OAS; e Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula.
Moro também determinou, na mesma decisão, a extinção da punibilidade da ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em fevereiro, que também era ré na ação.
O interrogatório dos réus é uma das últimas etapas da ação penal. Depois disso, o juiz abre prazo para pedidos de diligências complementares e, na sequência, para as alegações finais das defesas e da acusação. Só então é que ele pode dar a sentença. Com informações da Folhapress.

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo