sábado, 14 de outubro de 2017

Alerta de incêndio leva a evacuação de escola em Águas Claras

Sirenes ligadas e bombeiros assustam vizinhança: simulação é recurso

importante em caso de emergência real
Águas Claras, Distrito Federal, terça-feira, 17 de outubro de 2017. Sirenes ligadas, bombeiros entram rapidamente na escola e dão início ao seu frenético trabalho de combate às chamas e resgate de possíveis vítimas. Nas salas de aula, professores e monitores organizam seus alunos, a partir de 1 ano e meio de idade. De mãos dadas, em filas organizadas todos se dirigem ao pátio e para fora do colégio, onde os veículos de combate a incêndio e ambulâncias se posicionam. Algumas pessoas são levadas para fora, imobilizadas, em macas. A vizinhança, atenta, acompanha tudo.

O cenário seria de grande tensão e medo, se não fosse, na verdade, uma simulação realizada na escola de Educação Infantil Ceav Jr. O treinamento, com todos os ingredientes de uma situação real, menos o fogo, ocorrerá na próxima segunda-feira, entre as 8h e 10h. Trata-se de um procedimento importante para preparar profissionais e estudantes para enfrentar uma emergência verdadeira.
“A ideia é justamente estarmos sempre prontos para uma situação de emergência. Por isso, realizamos pelo menos duas simulações, por mês, sem aviso prévio”, diz Silvana Emília, diretora pedagógica do Ceav Jr.

O tempo médio para evacuação total da escola, que chega a ter cerca de 350 estudantes por turno, é por volta de 3 minutos e meio a 4 minutos.
“A partir de orientações do Corpo de Bombeiros Militar do DF, estabelecemos essa meta de tempo, que é considerada ótima pela corporação”, acrescenta Silvana.
Na última segunda-feira, 9/10, o Congresso Nacional também realizou uma simulação de incêndio que movimentou a Esplanada dos Ministérios. O desafio agora é bem diferente, tendo em vista que as ruas de Águas Claras não têm as dimensões do Eixo Monumental. Além disso, o público-alvo do treinamento próximo envolve principalmente crianças, muitas delas ainda bem pequenas.
O fato de não haver um horário rígido previamente estabelecido tem o propósito de aproximar o procedimento ainda mais da realidade, uma vez que situações de emergência, como incêndios, não têm hora certa para ocorrer.
“Temos de lidar com a imprevisibilidade, cientes da responsabilidade que é cuidar de todas essas vidinhas aqui na escola”, finaliza a diretora pedagógica do Ceav Jr.

 Serviço - Simulação de incêndio ­­na escola de Educação Infantil Ceav Jr.
Data/Hora: Segunda-feira, 17/10, entre as 8h e as 10h.
Local: Escola de Educação Infantil Ceav Jr.
Endereço: Avenida Jequitibá 485, loja 1, Águas Claras.
Foto: Corpo de Bombeiros Militar do DF
Legenda: Bombeiros durante simulação de incêndio em unidade de ensino

imagem-logo
© Repórter Malu - 2015 - Todos os direitos reservados.
imagem-logo