Transito: Chegada das chuvas exige mais cuidado no trânsito

Com a chegada das chuvas, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal vai focar ações educativas nos cuidados ao dirigir com a pista molhada e baixa visibilidade, sem deixar de lado as orientações direcionadas à segurança do ciclista e do pedestre.

“A segurança dos ciclistas é algo que sempre nos preocupa, mas também precisamos alertar sobre os riscos de acidentes que as chuvas trazem. Por isso, além de continuar com o projeto Bike em Dia, nossos educadores vão levar à população dicas de como dirigir nesse período chuvoso e dos cuidados com a manutenção do veículo”, explica a diretora substituta de Educação, Magda Brandão.

No domingo (18), das 7h às 13h, haverá ação educativa com palestras de rua para condutores, ciclistas e pedestres, na W3 Sul. Na terça-feira (20), das 10h30 às 11h30, os educadores de trânsito farão blitz educativa em Taguatinga, em frente ao Supermercado Superbom, da EQNL 13/15. O objetivo é alertar condutores e demais usuários sobre os cuidados de dirigir sob chuva e os riscos de usar o celular ao volante.

Na quarta-feira (21), das 10h30, às 11h30, as equipes de educação realizarão blitz educativa na via de ligação da W3 Sul com a W3 Norte, com o objetivo de alertar sobre os riscos de dirigir com a pista molhada e de fazer uso do celular enquanto dirige.

Bike em Dia

Esta semana, o projeto Bike em Dia será realizado no Núcleo Bandeirante e na Samambaia. Na terça-feira (20), das 18h às 21h, os educadores montarão a tenda com banners educativos, exposição de viaturas e materiais informativos, na ciclovia no Núcleo Bandeirante (SMPW Trecho 2). 

Na quinta-feira (22), das 18h às 21h, a ação será na ciclovia de ligação de Samambaia Sul e Norte, próximo ao Corpo de Bombeiros. Os educadores vão orientar, por meio de breves palestras e entrega de material educativo, sobre os cuidados essenciais do ciclista no trânsito e na manutenção preventiva da bicicleta.



Mobilidade: Detran-DF orienta sobre os riscos de dirigir no período de chuvas

Asfalto molhado, baixa visibilidade e excesso de velocidade aumentam os riscos de acidentes
Com a chegada das chuvas, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) orienta os condutores a redobrarem a atenção, pois o extenso período de estiagem deixou grande acúmulo de sujeira, fuligem e óleo no asfalto e isso, associado à água, deixam as vias escorregadias. A combinação de asfalto molhado, a baixa visibilidade e as poças d'água aumentam o risco de acidentes de trânsito.

No período de chuvas o condutor deve reduzir a velocidade, aumentar a distância do veículo da frente e usar o ar-condicionado, ou abrir um pouco os vidros, para melhorar a visibilidade.  Ao atravessar poças, deve manter a aceleração contínua em primeira marcha. E no caso de locais muito alagados, é recomendado deixar o nível da água baixar. Também é importante usar o farol baixo, que torna o veículo mais visível, e é imprescindível o uso da seta para indicar a mudança de direção.

O Detran-DF ainda recomenda que o condutor observe as condições do veículo, realizando a revisão dos pneus, freios, limpadores de para-brisas e faróis. Toda a parte elétrica do veículo também deve ser constantemente verificada, já que fusíveis e lâmpadas queimam com mais facilidade quando são molhados.

Dicas:
·       Faça revisão dos pneus, freios, limpadores e faróis do veículo;
 ·       Mantenha os pneus calibrados e evite frear quando cair em um buraco para diminuir o efeito do impacto;
 ·       Para ter melhor visibilidade use o ar-condicionado e o desembaçador elétrico traseiro ou abra um pouco os vidros para deixar o ar circular pelo carro;
 ·       Reduza a velocidade e mantenha maior distância do veículo da frente;
 ·       Se houver pouca visibilidade em função de chuva ou neblina, pare e espere as condições do tempo melhorarem, caso possa fazer isso com segurança;
 ·       Evite freadas ou mudanças bruscas, pois o acúmulo de água na pista pode provocar a aquaplanagem, quando os pneus perdem o contato com o asfalto;
·       Utilize sempre a luz de seta para indicar mudança de direção;
·       Em caso de enchente, abandone o veículo assim que o nível de água atingir o batente do carro, pois pode começar a boiar.

Deslizamento: Quatro crianças mortas após desabamentos em Mauá

Chuva intensa causou deslizamentos de terra, na noite deste sábado (16), e soterrou residências onde vítimas estavam.

A chuva intensa que caiu na Grande São Paulo deixou dois irmãos mortos e outras duas crianças desaparecidas, na cidade de Mauá, na noite deste sábado (16). Duas casas foram soterradas por deslizamentos de terra, no bairro Jardim Zaira.
Uma das residências estavam um garoto de 8 anos e sua irmã, um bebê de apenas 11 meses, cujos corpos foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros, na madrugada deste domingo (17). A mãe deles foi resgatada com uma contusão no ombro.

Além dela, um homem de 41 anos também foi atingido e teve fratura exposta. De acordo com o portal G1, ele foi encaminhado ao pronto-socorro da região.

"O barranco da casa de cima despencou e derrubou a laje da casa de baixo sobre os moradores", afirmou o secretário de governo do município, João Veríssimo.

Segundo a prefeitura, foram registrados 13 deslizamentos de terra e 5 desabamentos, desde a noite de ontem.

Na segunda residência atingida, os bombeiros conseguiram socorrer uma mulher com vida, que foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Seus dois filhos também estavam na casa e foram soterrados. Um menino de 4 anos e outra criança de 11 anos não conseguiram sobreviver.

Onze viaturas do Corpo de Bombeiros foram para o local, com 21 bombeiros. Cães farejadores também ajudam na ocorrência. A Defesa Civil foi acionada e ainda não foi divulgado o número exato de feridos.

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo