BSB: Vem Brincar Comigo faz alegria da criançada

 


Governo do Distrito Federal arrecada 35 mil brinquedos e distribui para crianças em situação de vulnerabilidade

A solidariedade do brasiliense fez com que o programa Vem Brincar Comigo batesse a meta de arrecadação de brinquedos e livros. Ao todo, 35 mil itens doados pela população começaram a ser distribuídos a crianças em situação de vulnerabilidade nesta segunda-feira (12). O governador Ibaneis Rocha e a primeira-dama Mayara Noronha Rocha acompanharam parte das entregas, que fizeram a alegria de pequenos na Estrutural, no Recanto das Emas e na Candangolândia.

A primeira parada foi na casa de Elina Alves Pereira, no Setor Norte da Estrutural. A mulher de 55 anos é mãe de 12, avó de 36, bisavó de cinco e ainda tem dois a caminho. Ela trabalhava como doméstica para sustentar a família, mas hoje está desempregada. “É um dia especial, não um dia qualquer como nos outros anos. Fiquei surpresa, nervosa e emocionada”, disse. Um dos pequenos confessou que mal dormiu de ansiedade. “Quero muito um carrinho!”, gritou Vitor, de seis anos.

As 84 crianças acolhidas pela Creche Alecrim, na mesma cidade, também receberam brinquedos e livros. “Para nós, é uma grande emoção. Estamos muito felizes, foi uma surpresa receber essa doação, especialmente direto das mãos do governador”, afirmou Maria de Jesus Pereira de Sousa, 34 anos, fundadora e coordenadora da entidade que atua há dez anos na região.

Os pontos foram escolhidos pelo administrador regional da cidade, major Gustavo Cunha. “São poucos pais aqui que conseguem dar presentes para os meninos e meninas. Ter a presença do governador na cidade, que precisa de assistência e de ser abraçada pelo Estado,  é muito importante”, ressaltou.

De lá, as entregas seguiram para a casa da dona de casa Maria Dulceli, no Recanto das Emas, mãe de dois meninos e uma menina. “Esses brinquedos são uma bênção. Eu não teria condições de comprar nenhum brinquedo para meus filhos e hoje teve essa alegria para as crianças”, disse a mulher de 46 anos.

O dia também foi mais feliz na Vila do Sossego, na Candangolândia. Na área, onde moram pessoas em situação de vulnerabilidade social, brinquedos foram distribuídos para duas famílias. Em um dos lotes, 12 crianças da mesma família pularam de alegria e já correram para estrear os brinquedos. Os gêmeos Caio e Nícolas, de três anos, Clarice, de oito, e Kenedy, de dez, não esconderam a alegria. Educadora social, a mãe, Nayara Gomes, 29 anos, celebrou: “não poderíamos dar a eles”.

Temos que agradecer a sociedade do DF, que entendeu o espírito da campanha e se uniu no propósito de distribuir brinquedos e levar um pouco de alegria para as comunidades mais carentes”, destacou o governadorIbaneis Rocha, governador

Rede de solidariedade

Assista ao vídeo:

De 25 de agosto a 9 de outubro, pontos de arrecadação espalhados pelo DF receberam brinquedos e livros. Houve, ainda, dias especiais com drive-thru de entrega, para evitar aglomerações.

Para a primeira-dama, Mayara Noronha Rocha, a campanha vem para reativar a solidariedade. Teve colaboração dos servidores públicos distritais e do governo Federal, com apoio da primeira-dama Federal, Michelle Bolsonaro, do empresariado e da própria população, em todos os pontos do DF.


Outubro Rosa: A importância da mamografia no combate ao câncer de mama

Exame permite diagnóstico precoce. Segundo especialista, se descoberta no início, o tratamento é menos agressivo

Outubro é sinônimo de campanha de conscientização contra o câncer de mama, mas, mais que isso, é mês de ação. Segundo o Ministério da Saúde, a doença é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil – no país, fica atrás apenas do de pele. A patologia responde, atualmente, por cerca de 28% dos novos casos de tumores em mulheres. Outro dado, do Instituto Nacional de Câncer (INCA), revela que 1 em cada 8 mulheres desenvolverão a enfermidade ao longo da vida. São estimadas, até o fim deste ano, mais de 66 mil novas ocorrências.  Os números são preocupantes, no entanto, o autoexame e a mamografia possibilitam um diagnóstico precoce, o que aumenta, significativamente, a chance de cura.

De acordo com a médica radiologista, com especialização em mama, Mariana Mendes, apesar de eficaz, só o autoexame não é suficiente. “A maioria das pessoas acredita nisso, quando ele só detecta o nódulo quando este já tem, pelo menos, um centímetro de diâmetro. Já a mamografia e a ressonância magnética de mama podem detectar tumores muito menores, em um estágio inicial da doença”, explica a especialista da Perfecta Diagnóstico por Imagem. No ano passado, uma pesquisa, realizada pelo IBOPE Inteligência em parceria com a farmacêutica Pfizer, revelou que 77% das mulheres e 79% dos homens brasileiros acham que basta o toque para detectar o tumor. O estudo foi feito por meio de entrevista online com 2 mil pessoas de diferentes regiões do país, com 52% de mulheres e 48% de homens, entre os participantes.

O Colégio Brasileiro de Radiologia e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia dizem que todas as mulheres entre 40 e 69 anos devem realizar o exame uma vez por ano.  Pacientes de alto risco devem iniciar o rastreamento antes dos 40 anos e mulheres acima de 70 anos necessitam avaliação individualizada. Mendes faz questão de ressaltar que a mamografia é um exame de padrão ouro e insubstituível.  “É a melhor opção para ser feito o rastreamento inicial do câncer de mama. Permite identificar pequenas lesões em fase precoce, como, por exemplo, nódulos, calcificações e distorções do tecido mamário mesmo antes de serem detectadas na palpação. Quando descoberta no início, as chances de cura aumentam consideravelmente e os impactos da doença são minimizados, permitindo um tratamento precoce e menos agressivo. ”

Especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, o Dr. Philipe Cavalcanti conta que, na Perfecta, são realizados vários exames dessa especialidade. O médico deixa claro que o exame utiliza baixa dose de radiação e, quanto a isso, não há motivos para se preocupar. “O risco associado à exposição radiológica é mínimo, principalmente, quando comparado com o benefício: Prevenção do Câncer de Mama. Na nossa clínica, todos os equipamentos radiológicos possuem tecnologia Smart Dose, que reduz em até 40% o nível de radiação durante os exames”. Em relação a dor, ele explica que esta é relativa em cada pessoa. “Algumas pacientes sentem um desconforto. Recomendamos fazer a mamografia entre o sétimo e 14º dia do ciclo, pois nesse período a mama está menos sensível e dolorida”.

Amigos da Saúde

Para proteger os pacientes e profissionais de saúde da infecção pelo COVID-19, os Amigos da Saúde adotaram um Guia de procedimentos, o POP (Procedimento Operacional Padronizado), no ar desde o início do projeto, O POP Amigos da Saúde visa padronizar as ações de proteção, segurança e responsabilidade com a saúde dos pacientes e profissionais da área. A parceria entre o Hospital Urológico de Brasília, a Perfecta Diagnóstico por Imagem, a Otorrino DF e o Visão Hospital de Olhos leva qualidade aliada a protocolos de segurança a todos os brasilienses.

Site/ Redes Sociais

https://amigosdasaude.com/

https://www.instagram.com/amigosdasaudedf/

https://www.facebook.com/amigosdasaudedf

Serviço

Hospital Urológico de Brasília

Asa Sul

Atendimento 24h para emergências

Consultas: segunda a sábado

Telefone: (61)3345-9300 /(61)99947-7815

Perfecta Diagnóstico por Imagem

L2 Sul

Atendimento de segunda à sábado, de 07h às 19h

Telefone: (61) 3245 5872

Visão Hospital de Olhos

Asa Norte, Asa Sul Emergência de 8h ás 20h, Guará, Taguatinga Norte Emergência de 8h ás 20h, Gama, Ceilândia, Planaltina, Samambaia Norte e São Sebastião.

Teleorientação e Oftalmo Home Care.

Telefone: (61) 3038-8001

Otorrino DF

Asa Norte, Asa Sul e Taguatinga

Atendimento de domingo a domingo, inclusive feriados e telemedicina

Telefone: 3542 2803




Saúde: Nutrição para 36 mil pessoas em situação de vulnerabilidade

 

Ordem durante a seleção dos alimentos é de desperdício zero  Foto Paulo H. Carvalho Agência Brasília

Ceasa-DF distribui 4,1 mil cestas verdes por semana e garante alimentos de qualidade e alto valor nutricional a quem não pode adquiri-los

Agencia Brasilia, publicou neste domiàngo (11) a primeira das três reportagens* de uma série sobre a rede de assistência alimentar do DF à população em situação de vulnerabilidade. Nesta primeira matéria, conheça as iniciativas de colaboração e saiba como funciona o mecanismo de integração da sociedade civil com órgãos públicos do Governo do Distrito Federal para garantir doação e distribuição de alimentos, com alto valor nutricional, às entidades socioassistenciais.

Há quase dez anos o Banco de Alimentos da Central de Abastecimento (Ceasa-DF) funciona como um grande núcleo que gerencia, coordena e distribui produtos de qualidade comprovada para a população carente. Os mantimentos chegam ao banco por meio de doações e de programas de aquisição da produção agrícola, iniciativa do Governo do Distrito Federal junto a pequenos produtores e agricultores familiares. O resultado dessa corrente de cidadania salta aos olhos: por meio da distribuição semanal de 4,1 mil cestas verdes, cerca de 36 mil pessoas em situação de vulnerabilidade são atendidas no processo – que, de quebra, garante que mais de mil produtores rurais consigam vender o fruto de seu trabalho.

"126 instituições/cadastradas na Seagri-DF para receber cestas verdes"

São números que podem traduzir a grandiosidade do modelo de doação no DF. Somente uma das iniciativas – o Programa Desperdício Zero (PDZ), da Ceasa-DF – distribuiu mais de 300 toneladas de alimentos em 2019. Entre janeiro e a primeira semana de setembro deste ano, mesmo em meio à pandemia de Covid-19, já foi assegurado o repasse de 124 toneladas pela central de abastecimento, que chega aos 48 anos mais moderna e eficiente neste domingo (11).

“Sobrevivemos pelas doações e não teríamos a menor condição de comprar as frutas e as verduras que o Banco de Alimentos nos oferece” Osleil Alves, motorista e morador da entidade Salve a Si

Com a plena execução do programa, o DF vê respeitado um dos principais deveres do Estado, que é garantir as melhores condições de alimentação à população. Nesse sentido, o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), tem consolidado as bases do Programa de Coleta de Doação de Alimentos (PCDA). O modelo assistencial é reforçado por iniciativas como o Programa de Aquisição da Produção de Agricultura do Distrito Federal (Papa-DF), que consiste em comprar alimentos de produtores para doá-los à população carente.

“As cestas são importantes pela qualidade e variedade dos alimentos, porque as pessoas em situação de vulnerabilidade não têm acesso a esses alimentos” Indiara Alves, nutricionista do Banco de Alimentos

Ao lado do gerente Bruno Martins,
a nutricionista Indiara Alves destaca a qualidade do trabalho
A casa terapêutica Salve a Si é umas das entidades cadastradas e beneficiadas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Com o caminhão estacionado e a postos para ser carregado de produtos, o motorista Osleil Alves, 45 anos, demonstrou que sem essa ajuda não seria possível manter 130 acolhidos na entidade. “Sobrevivemos pelas doações e não teríamos a menor condição de comprar as frutas e as verduras que o Banco [de Alimentos da Ceasa-DF] nos oferece”, admitiu Osleil, também morador da casa terapêutica.

Teia de colaborações

Trata-se de uma rede de cidadania em nome da segurança alimentar. De um lado, o PAA compra exclusivamente de pequenos produtores rurais e familiares por meio da Seagri; de outro, o PDZ recebe dos feirantes e donos de box a doação de mercadorias que perderam valor comercial, mas se mantêm adequados ao consumo humano.

Nesta teia de colaborações também figura o Programa de Doação Solidária (PDS), em que empresas privadas e órgãos públicos se aliam para arrecadar alimentos em campanhas ou eventos. O passo seguinte é a doação do que foi arrecadado ao Banco de Alimentos da Ceasa-DF, que fica responsável pela logística de recebimento, classificação e distribuição dos produtos.

Secretário da Seagri-DF, Candido Teles avalia que os programas de aquisição de produtos agrícolas familiares do GDF são ainda mais importantes em um cenário de pandemia. “As compras foram realizadas em hora oportuna, porque proporcionaram a produção no campo, a aquisição e ainda a alimentação das pessoas”, destaca Candido.

Valor nutricional

Pelo menos 126 instituições socioassistenciais estão cadastradas pela Seagri-DF e aptas a receber os alimentos, que são separados em cestas verdes com 13 quilos cada recheadas por legumes, verduras, frutas e tubérculos. São, no mínimo, dez itens que variam conforme a estação ou a safra.

A nutricionista do Banco de Alimentos da Ceasa-DF, Indiara Alves Septimio, lembra que as cestas têm grande valor nutricional. “As cestas são importantes pela qualidade e variedade dos alimentos, porque as pessoas em situação de vulnerabilidade não têm acesso a esses alimentos. Dependendo da doação dos feirantes, temos até orgânicos”, destaca a profissional.

Segundo o gerente de Segurança Alimentar e Nutricional do Banco de Alimentos, Bruno Henrique Martins, originalmente os programas tinham o propósito de servir como uma suplementação alimentar, mas a consolidação deles os transformou na principal fonte de mantimentos para muitas entidades. Com o cenário de crise sanitária, arremata Bruno, tal importância foi multiplicada.

         


DF: Ceasa-DF aprimora gestão e chega renovada aos 48 anos

Central de abastecimento comemora aniversário neste domingo, 11 de outubro, mais moderna e com uma série de realizações em curso

Ao completar 48 anos de idade neste domingo, 11 de outubro, a Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) está mais moderna, com pavilhões novos, e mais completa, com a reabertura do Mercado do Peixe. Mesmo em meio à crise mundial de saúde, a instituição continua a todo vapor, trabalhando para além da comercialização de alimentos, pois o abastecimento não pode parar. O funcionamento da Ceasa-DF está normalizado após um período de distanciamento social, das 4h30 às 17h.

Desde 2019 a empresa investe em sua revitalização e ampliação, com melhorias que vão desde pintura das faixas de pedestres até a construção de três novos pavilhões, totalizando uma área de 86.721,28 metros quadrados para comercialização. A expectativa é de que esses novos empreendimentos gerem cerca de 200 empregos diretos, sendo que uma das metas é alinhar qualidade, solidariedade e sustentabilidade – slogan da empresa adotado no fim de 2019.

“Nós temos os mais variados produtos, sempre fresquinhos e de alta qualidade. Recebemos mais de 12 mil pessoas nos dias de maior movimento, com produtos e compradores de todo o Brasil”

DNA

A qualidade é um atributo intrínseco à Ceasa-DF. Essa característica está presente não só nos produtos comercializados na empresa, mas também nas boas práticas de produção e de comercialização que os produtores devem seguir para oferecer seus produtos.

Em parceria com a Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF) e a Secretaria de Agricultura (Seagri-DF), a empresa iniciou o processo para que os produtores se adequem às boas práticas, principalmente no tocante a rastreabilidade, oferecendo cursos e orientações para a certificação das propriedades rurais.

Segundo o presidente da Ceasa-DF, Onélio Teles, a empresa se tornou referência entre as Ceasas do país ao longo desses 48 anos de atividades. “Nós temos os mais variados produtos, sempre fresquinhos e de alta qualidade. Recebemos mais de 12 mil pessoas nos dias de maior movimento, com produtos e compradores de todo o Brasil”, destaca.

A Ceasa-DF também investe na capacitação de seus servidores, com o objetivo de prestar um atendimento de excelência, tanto aos produtores e permissionários, quanto aos consumidores. A empresa também se destaca pela transparência de sua administração.

“Zelamos pela pró-atividade, bom atendimento e transparência na gestão da empresa. Todas as demandas da Ouvidoria são tratadas com prioridade máxima e a nossa transparência rendeu à Ceasa o prêmio do Índice de Transparência Ativa da Controladoria-Geral do DF”, acrescenta o presidente da Ceasa-DF.

Solidariedade

A Ceasa-DF também desempenha uma importante função social por meio do Banco de Alimentos, braço solidário da empresa. O local atende instituições sem fins lucrativos, previamente cadastradas, que beneficiam milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar por meio de três principais programas: Programa Desperdício Zero, Programa de Doação Solidária e Programa de Aquisição de Alimentos.

De janeiro a setembro, mais de um milhão de quilos de alimentos foram distribuídos à população em vulnerabilidade alimentar, um papel de destaque na erradicação da fome no Distrito Federal.

Além de repassar as doações de frutas, verduras e legumes, o Banco de Alimentos da Ceasa-DF promove a capacitação das cozinheiras das instituições sobre o aproveitamento integral dos alimentos. Isso evita o desperdício e resulta na preparação de pratos mais nutritivos para as pessoas em vulnerabilidade alimentar.

Sustentabilidade

A Ceasa-DF trabalha, também, para ser uma empresa mais sustentável. Implementou o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, com o objetivo de dar uma destinação correta aos rejeitos da empresa; construiu uma biblioteca sustentável, com reutilização de restos de podas de árvores, paletes e até um carretel de fio de alta tensão. Além disso, instalou ecopontos para a separação dos resíduos e realiza campanhas de conscientização junto a produtores e consumidores.

Ceasa testa produtores e empregados; para 71%, deu negativo

Mais uma ação voltada para a preservação do Meio Ambiente é a realocação de parte do material descartado, como paletes, que são direcionados para a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), vinculada à Secretaria de Justiça, para reaproveitamento e produção de itens de artesanato, utilidades domésticas e caixas de abelhas. A iniciativa também visa a qualificação profissional dos detentos do DF.

“Queremos e podemos fazer muito mais para o Distrito Federal, seja na qualidade do abastecimento de alimentos, nas ações para diminuir a fome de pessoas carentes ou na preservação do meio em que vivemos”, arremata Teles.


 * Com informações da Ceasa-DF

Solidariedade: Os casais habilitados para o Casamento Comunitário 2020


Na próxima semana, Sejus anunciará as novas etapas do processo, com informações por e-mail e ligação telefônica. Confira a lista de selecionados

Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) divulgou nesta sexta-feira (9) a lista dos 40 casais habilitados na primeira edição do Casamento Comunitário 2020 (clique para ver o resultado). Os casais serão informados oficialmente pela pasta por e-mail e ligação telefônica.

Na próxima semana, a Sejus anunciará as novas etapas do processo, que será concluído com a realização da cerimônia, prevista para 6 de dezembro. No total foram realizadas 189 inscrições no site.

No entanto, somente 49 casais fizeram o procedimento completo: preenchimento do formulário e envio da documentação exigida no edital. O critério de chamamento foi por ordem de inscrições e envio de documentos.

“Essa é uma oportunidade única para os casais que querem oficializar a união, e não têm condições para arcar com as despesas. Para nós da Secretaria de Justiça é muito gratificante poder contribuir para a realização desse sonho”, declara a secretária Marcela Passamani.

A ação visa isentar custos de cartório para beneficiar os casais de baixa renda e reforçar o protagonismo social e os direitos humanos, além de possibilitar a realização da tão sonhada cerimônia nupcial. A garantia da proteção jurídica também está entre os objetivos do Casamento Comunitário.

Devido à pandemia de Covid-19, o casamento seguirá todas as recomendações e normas sanitárias para o combate ao novo coronavírus, enquanto valer o Decreto nº 40.475, de 28 de fevereiro de 2020, que declara situação de emergência no Distrito Federal. Para mais informações, os interessados devem procurar a Sejus pelo endereço eletrônico subdhir@sejus.df.gov.br ou pelos telefones (61) 3213-0688/ 3213-0685

* Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania

      

BSB: Zoológico acolhe mais de 50 animais órfãos

Filhotes contam com cuidados em tempo integral até que fiquem independentes e saudáveis

Tamanduás, corujas, micos-estrela e saruês. Essas são algumas das espécies que o Berçário do Zoológico de Brasília acolheu nos últimos dias. Trata-se de um local exclusivo para animais resgatados órfãos e que atualmente cuida de 53 filhotes, sendo todos provenientes de resgates vítimas de atropelamento e tráfico, por exemplo.

Assim que esses animais são encaminhados para o berçário, é feita uma triagem em cada indivíduo para constatar a necessidade de cada um. Depois dessa avaliação, a equipe de nutrição prepara uma dieta com todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento saudável do filhote.

Muitos desses animais chegam recém-nascidos, com dependência total de cuidados, o que exige atenção e dedicação em tempo integral da equipe de biólogos e médicos veterinários do Zoológico. A médica-veterinária Ana Cristina de Castro, explica o histórico dos animais que chegam abandonados.

Alguns recém-nascidos tem dependência total de cuidados | Foto: Divulgação

“No caso das aves, a maior causa é a perda de habitats, tráfico ou porque os filhotes caíram dos ninhos. Tem também aqueles filhotes que perderam a mãe em acidentes, como atropelamentos. A gente tem uma estrutura capaz de receber e cuidar desses animais, mas é muito triste quando atingimos números tão altos de filhotes órfãos porque mostra um desequilíbrio ambiental”.

Atualmente, o berçário acolhe dois bem-te-vi, nove periquitos-do-encontro-amarelo, três papagaios-galegos, dois tamanduás-bandeiras, dois tamanduás-mirins, duas corujinhas-da-mata, uma garça, um passeriforme, um mico-estrela e trinta saruês. Esses animais podem fazer parte de programas de conservação em cativeiro ou serem reintroduzidos na natureza, mas a destinação final é feita somente quando a equipe constatar que já estão independentes e saudáveis.

*Com informações do Zoológico de Brasília

Todos os detalhes de 44 Mostra de Internacional de Cinema

São 198 filmes vindos de 71 países, muitos deles exibidos e premiados em festivais internacionais. O ingresso para cada filme vai custar R$ 6,00 e serão disponibilizados pela Mostra Play, uma plataforma desenvolvida especialmente para o evento. Haverá um número limitado de visualizações, cerca de 1000 por título. É bom garantir seu tíquete assim que começarem as vendas, no dia 22.

Os filmes on-line começam a entrar na plataforma dia 23 de outubro e a Mostra segue até 4 de novembro. O longa-metragem de abertura é o polêmico mexicano Nova Ordem, vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Veneza. Outros destaques são Kubrick por Kubrick, o português O Ano da Morte de Ricardo Reis e Aranha, do chileno Andrés Wood.

Do Festival de Veneza, a Mostra traz o documentário Sportin’ Life, de Abel Ferrara, City Hall, de Frederick Wiseman, Entre Mortes (In Between Dying) e os premiados Crianças do Sol (Sun Children), de Majid Majidi, Miss Marx, de Susanna Nicchiarelli, Gênero, Pan, de Lav Diaz, Zanka Contact, de Ismaël El Iraki, e o documentário Notturno, de Gianfranco Rosi.

Da seleção de Cannes haverá Fevereiro, de Kamen Kalev, Nadia, Borboleta, de Pascal Plante, Josep, de Aurélien Froment, Dezesseis Primaveras, de Suzanne Lindon, Suor, de Magnus von Horn, o elogiado brasileiro Casa de Antiguidades, e Mães de Verdade, de Naomi Kawase, entre outros.

De Berlim, integram a programação Não Há Mal Algum (There Is No Evil), de Mohammad Rasoulof, Fábulas Ruins (Bad Tales), de Fabio e Damiano D’Innocenzo, Sem Ressentimentos (No Hard Feelings), de Faraz Shariat, Malmkrog, de Cristi Puiu, Pai (Otac), de Srdan Golubović, Dias (Rizi), de Tsai Ming-Liang, Welcome To Chechnya, de David France, Mamãe, Mamãe, Mamãe, de Sol Berruezo Pichon-Rivière, O Problema de Nascer, de Sandra Wollner, Desenterrar, de Georgis Grigorakis e O Século 20, de Matthew Rankin.

Exibições gratuitas também vão ocorrer, nas plataformas do Sesc Digital e da Spcine Play.

Os ingressos poderão ser adquiridos a partir do dia 22 de outubro. Após a aquisição das entradas, o usuário cria sua biblioteca e terá três dias para assistir aos títulos escolhidos e 24 horas a partir do “play” de cada um.


Fonte:MSN Brasil


Politica:Eleições 2020 | Manobra política para confundir o eleitor em Águas Lindas

O principal candidato a prefeito de Águas Lindas, Tullio (DEM) vem sofrendo com as manobras políticas do candidato que está em segundo lugar na disputa, que divulga notícias mentirosas para desgastar a chapa de Tullio e confundir a cabeça do eleitor.

Desta vez, resolveram entrar com pedido de impugnação do candidato a vice-prefeito, Sargento Godoy (PTB), da Coligação Águas Lindas Acima de Tudo, Deus Acima de Todos.

O pedido que foi feito na tarde deste sábado (10), não tem fundamento, e chega a ser ridículo aja vista que os adversários alegam que havia uma resolução da Nacional do PTB que impedia a coligação com o Democratas.

Esclarecendo os fatos, qualquer pessoa pode entrar com pedido de impugnação, porém a decisão de acatar ou não é somente do juiz, o que neste caso nem se quer foi julgado.

A informação espalhada por eles, e até mesmo o pedido, são mentirosos, já que a Nacional liberou a coligação e autorizou dar seguimento aos trabalhos da chapa. 

O que chama atenção, é o fato desta liberação ser algo interno do partido, neste caso a autorização para a coligação é feita pelo partido, são negociações internas. Isso mostra o total despreparo e desespero da oposição que quer apenas bagunçar a eleição, causar confusão ao eleitor e desacreditar a chapa majoritária.

A corrida eleitoral já começou, e os nervos estão à flor da pele. Ao que parece, isto é apenas um jogo sujo da política local, e de um grupo específico que quer a todo custo chegar ao poder, utilizando de meios opressores para levar o eleitor ao erro, desgastando a imagem da coligação e do então candidato e seu vice, que lideram as pesquisas na cidade.

Por: Marcos Marques

Internacional: Embaixador do Azerbaijão no Brasil reúne jornalistas e explica sobre o conflito

Jornalistas de vários veículos brasileiros na Embaixada do Azerbaijão em Brasília

O Embaixador da República do Azerbaijão, Elkhan Polukhov, reuniu ontem , ( 08 de outubro) na sede Embaixada em Brasília, um grupo de jornalistas para falar sobre o tema preocupante que envolve o conflito entre Armênia e Azerbaijão.

Polukhov explicou aos jornalistas, sobre a posição do Azerbaijão em relação ao conflito da região de Nagorno-Karabakh, que pertence ao Azerbaijão e da possibilidade de ser iniciada uma guerra declarada entre a Armênia e Azerbaijão.

Polukhov explicou que estava tudo dentro da normalidade, uma situação de alerta devido a pandemia da COVID- 19, quando o terrítorio do Azerbaijão começou a ser atacado pelos armenos , que inclusive ignoraram a pandemia mundial para iniciar este conflito.

O conflito nas montanhas do Cáucaso permanece sem solução por mais de três décadas, com batalhas periódicas. Com uso de armamento pesado, é a escalada mais séria dos últimos anos.

A localidade em questão, que se chama Nagorno-Karabakh. Trata-se de uma região autônoma dentro da república do Azerbaijão, internacionalmente reconhecida pela ONU como parte do Azerbaijão.

Os moradores desse território são muçulmanos de etnia turca e armenos de origem cristã.

Colocações do Azerbaijão sobre as invasões de seu território:

Reafirma o respeito e apoio contínuos à soberania e integridade territorial da República do Azerbaijão dentro das suas fronteiras internacionalmente reconhecidas

Exige a retirada imediata, completa e incondicional de todas as forças arménias de todos os territórios ocupados da República do Azerbaijão; Reafirma o direito inalienável da população expulsa dos territórios ocupados da República do Azerbaijão a regressar às suas casas e sublinha a necessidade de criar as condições adequadas para esse retorno, incluindo a reabilitação integral dos territórios afetados pelo conflito…

o país pode se defender de um ataque à soberania de terras

O Azerbaijão está libertando sua própria terra e nenhum míssil foi lançado fora do Azerbaijão – pois o objetivo não é contra nenhum país soberano do mundo.


800.000
azerbaijaneses aguardando o direito de voltar para casa em Nagorno-Karabakh, mais de 33.000 armênios vivem no Azerbaijão – eles vivem livremente no Azerbaijão como cidadãos do Azerbaijão, mas nenhum azerbaijanes vive nos territórios ocupados ou na própria Armênia.

Jornalistas de vários veículos brasileiros na Embaixada do Azerbaijão em Brasília

“O Brasil e a comunidade internacional devem nomear abertamente o agressor e apoiar a ordem internacional, caso contrário, a tentativa de legalizar a ocupação de fato abrirá uma caixa de Pandora em muitos lugares do mundo. “

Autoridade Turca– posição da Turquia.

“Nenhuma medida concreta foi tomada para acabar com a ocupação Armênia de 28 anos do Alto Karabakh e das regiões vizinhas. As crescentes provocações armênias e seus ataques ao território do Azerbaijão encheram a paciência do Azerbaijão e deixaram-no usar seu direito de defesa legítimo estabelecido no direito internacional. O Alto Karabakh é um território do Azerbaijão ”, concluiu Oktay, que esclareceu que a Turquia fica ao lado do Azerbaijão, a verdadeira vítima da ocupação.
Ps: Após a coletiva teve um delicioso coffee Full 

Sra. Malu Silva (Azul) Jornal Taguatinga- Sr Cristhyan  e  Jornalistas 



Colégio CCI: Pelas “lentes” do celular... 9º ano

Tecnologia portátil promove experiência com a fotografia e reflexão sobre o “belo”

Por Francianne de Fátima

"Vilã" na maioria das situações que envolvem sua relação com o ser humano, a tecnologia parece estar alcançando seu propósito nesse relacionamento de tantos altos e baixos. A pandemia de Coronavírus nos mostrou isso. Aulas e reuniões de trabalho, por exemplo, passaram a acontecer de forma remota, graças às ferramentas digitais que também podem ser acessadas pelo celular.

No caso deste em especial, além do acesso às aulas, o objeto ainda é usado na realização das atividades. Com base no conteúdo “arte e tecnologia”, os alunos do 9º ano usaram seus smartphones no registro de coisas, pessoas e lugares, tudo clicado de dentro de casa. A ideia era que colocassem em prática o que fora aprendido com o professor e fotógrafo Luís Cláudio Pachá.

O especialista que soma 10 anos de experiência nas áreas de moda, fotojornalismo e eventos, como teatro e shows, participou de uma live com a professora Aline e as turmas. A partir dos relatos e explicações do fotógrafo, que acentuou alguns segredos da fotografia, os estudantes retrataram, pelas “lentes” do celular, aquilo que consideravam “belo” e fascinante aos olhos.

Situações do cotidiano, que passaram a ser observadas de maneira diferente e a fazer parte da vida de muitos, foram registradas com o uso dos modernos aplicativos que os aparelhos possuem. Nas imagens, a natureza bela e genuína serviu de inspiração aos adolescentes e foi destaque nas fotos. Talvez a escolha tenha sido pelo fato de ser a única coisa que um vírus não conseguiu atingir... 


Fonte: CCI & CCI Sênior 


“A Fórmula do Voto” completa um ano, com quatro edições e já treinou mais de 15 mil candidatos

A publicação “A Fórmula do Voto”, escrita pelo analista comportamental e master political coach Osmar Bria, completa um ano de lançamento no mês de outubro. O livro tem o objetivo de ajudar candidatos às eleições, apresentando a eles estratégias de inteligência emocional que podem ajudá-los a conquistar eleitores.

Com o objetivo de auxiliar os postulantes das eleições municipais deste ano, a obra já chega a sua quarta edição. Ao todo, mais de 15 mil pessoas de todo o Brasil já tiveram contato com a metodologia aplicada por Bria. Os ensinamentos do autor já contribuíram para a eleição de 30 deputados estaduais e federais, dois senadores e um governador, reunindo cerca de 2 milhões de votos, no pleito de 2018.

O "guru dos votos", como é conhecido, Bria acredita que o sucesso do livro vem do ineditismo da obra, focada no processo de voto em si. “Ao mesmo tempo que o livro oferece um embasamento teórico, ele é muito pragmático nas ações”, explica.

Partidos políticos de diversas ideologias como o PL, PTB, PODE, PSD Mulher, PRB, DEM, PTC, MDB, PDT, PROS, DC, PRTB, PATRIOTAS, SOLIDARIEDADE, PMB, entre outros, também foram atendidos pelos treinamentos de Osmar Bria. De acordo com o analista comportamental, a Inteligência Emocional ainda é um tema novo no meio político. Mesmo assim, muitos candidatos estão procurando ele de olho nas eleições nos municípios.

Até o início da votação do primeiro turno municipal, prevista para 15 de novembro, o analista comportamental continuará realizando treinamentos exclusivos para candidatos de todas as partes do país. “A empatia é o principal elemento de mudança para os futuros mandatários eleitos com ‘A Fórmula do Voto’. Essa é a nossa missão. Mudar o Brasil por meio da mudança comportamental, com inteligência emocional”, garante o autor.

Mais informações sobre as publicações e treinamentos de Osmar Bria estão disponíveis no site: https://www.sbapcoaching.com.br/


Sesc celebrará o Dia Internacional do Idoso com diversas atividades gratuitas

Eventos on line

Em outubro, mês que se comemora o dia Internacional do Idoso, o Sesc-DF realizará uma série de atividades gratuitas e online. A programação contará com lives temáticas, sarau, ebook de poesias e o webnário com o tema Dimensões do Envelhecimento Humano e a Diversidade do Envelhecer, com palestrantes internacionais. A programação acontece até 27 de outubro. (A Programação completa está anexada).

O destaque da programação ficará por conta do Webnário, nos dias 13, 14 e 15, em parceria com a Universidade de Brasília, e contará com palestras, oficinas e mesas temáticas. O espaço é destinado às pessoas idosas, profissionais, estudantes de graduação e pós-graduação, cuidadores e familiares de pessoas idosas e demais interessados na temática do envelhecimento.

O webnário será transmitido pelo youtube do Sesc-DF e terá carga horária de 10 horas. As inscrições para participação no webnário serão de 5 a 14 de outubro. CLIQUE AQUI E SE INSCREVA . “Cada indivíduo tem sua forma individual de envelhecer, a sensibilização é voltado para os jovens, pois o envelhecimento é como uma poupança vamos cuidando da saúde física, cognitiva e social desde já, para quando chegarmos na terceira idade tenhamos mais qualidade de vida, e assim garantir uma vida longeva”, explica a coordenadora de assistência do Sesc-DF.

Programação

As lives dos dias 1º, 6, 20 e 27 serão abertas ao público e transmitidas, às 17h, pelo youtube do Sesc-DF. Também estão abertas as inscrições para os idosos interessados em participar do projeto Poesia em tempo de pandemia: Longevidade & Poesias de almas nada vazias. Já estão sendo realizadas oito oficinas pelo Google Meet com a participação de até 25 idosos. As inscrições podem ser feitas pelo telefone 9.9970-3502 (Whatsapp institucional da área de Assistência do Sesc-DF). O projeto ocorre todas as quintas-feiras, às 10h, e conta com o apoio da Universidade de Brasília.

A coordenadora de Assistência do Sesc-DF, Adriana Costa, fala do projeto. “O nosso objetivo é utilizar a poesia como estratégia para ajudar os idosos a lidar com os acontecimentos da vida cotidiana em tempos de pandemia. As oficinas serão ministradas pela professora da UnB, Leides Moura, e pela assistente social do Sesc-DF, Weila Almeida. Ao final do projeto será realizada uma live, na qual os idosos contarão as experiências da oficina”, disse. A live será transmitida pelo Youtube do Sesc-DF, no dia 13 de outubro, às 17h, como parte da programação de outubro. Para valorizar o trabalho realizado, no dia será lançado um livreto com as poesias escritas pelos idosos participantes do projeto.

Dicas do Detran-DF para uma viagem segura no feriado do Dia das Crianças

Faróis ligados, pneus calibrados e muita atenção na estrada
Preocupado com a segurança dos brasilienses que pretendem passar o feriado do Dia das Crianças fora de Brasília, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) alerta para os cuidados básicos que os condutores devem ter antes de colocar o veículo na estrada. feriado será na segunda-feira (12), por isso, o fluxo de veículos saindo da Capital deve começar a ficar mais intenso a partir desta sexta-feira (9) e, pensando nisso, o Detran-DF faz algumas recomendações essenciais para garantir a segurança das famílias que irão viajar.

 Antes de pegar a estrada é imprescindível que o motorista verifique o estado de conservação dos itens básicos de segurança do veículo:

 - Pneus em boas condições e calibragem correta;

- Cintos de segurança funcionando adequadamente;

- Revisão dos sistemas de freios, elétrico e iluminação.

 A Diretoria de Policiamento e Fiscalização do Detran ressalta que é muito importante que os condutores obedeçam às sinalizações e às leis de trânsito, pois atitudes como respeitar os limites de velocidade e andar com o farol ligado e baixo nas rodovias, podem evitar acidentes. Além disso, devem estar em dia com os documentos obrigatórios. E, por último, mas não menos importante, não ingerir nenhum tipo de bebida alcoólica enquanto dirige.

 Chuva

 Com a chegada das chuvas, o Detran orienta os condutores a redobrarem a atenção, pois longos e extensos períodos de estiagem deixam acúmulo de sujeira, fuligem e óleo no asfalto e isso, associado à água, deixam as vias escorregadias. Além do asfalto molhado, a baixa visibilidade e as poças d'água aumentam o risco de acidentes de trânsito. Por isso, o motorista deve reduzir a velocidade, aumentar a distância do veículo da frente e usar o ar-condicionado, ou abrir um pouco os vidros, para melhorar a visibilidade.

 Ao passar em poças, é preciso manter a aceleração contínua em primeira marcha. E no caso de locais muito alagados, a orientação é esperar o nível da água baixar. Também é importante usar o farol baixo e não esquecer de usar a seta para indicar mudança de direção.

Foto: Valquíria Cunha

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Detran/DF

SAM, Lote "A", Bloco "B", Ed. Sede - CEP: 70.620-000 Brasília-DF

Fone: (61) 3343-5224 ou 3343-5225; 99101-6579 (plantão)


Crianças de áreas rurais ganham brinquedos e livros

Campanha Vem Brincar Comigo 2020 arrecadou mais de 30 mil doações que serão distribuídas também na área rural.

Crianças da área rural do Distrito Federal tiveram, nesta quarta-feira (7), uma surpresa ao receberem brinquedos que foram arrecadados na campanha Vem Brincar Comigo 2020. 

A entrega começou pela manhã, em áreas rurais de Brazlândia, e contou com a presença da esposa do vice-governador Paco Britto, Ana Paula Hoff, e da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância do DF, Anucha Soares.

Ao todo, a campanha arrecadou, neste ano, mais de 30 mil brinquedos e livros que contemplarão, não apenas as crianças das cidades do DF em situação de vulnerabilidade social, mas também os menores que vivem nas áreas rurais. “É uma forma de podermos dar um Dia das Crianças diferente para elas”, explicou Ana Paula Hoff.

Em nome da primeira-dama Mayara Noronha – secretária de Desenvolvimento Social e coordenadora da campanha, Anucha conheceu de perto algumas instituições que foram agraciadas com as doações. “São belos trabalhos que essas instituições realizam em prol das crianças”, enfatizou.

A campanha arrecadou as doações desde 25 de agosto com a ajuda de empresários e de todo o funcionalismo público das administrações diretas e indiretas do Governo do Distrito Federal. Na tarde desta quarta, outras crianças de áreas rurais de Planaltina, também receberam os brinquedos da campanha.

Por : Lívio Araujo

Cultura: Dedé Santana está na programação do Sesc Viva Cultura deste final de semana

 

As atividades do Sesc Viva Cultura continuam a todo vapor neste final de semana com diversas atrações de circo, teatro, dança e música. O artista convidado Dedé Santana se apresenta no canal do Youtube do Sesc-DF no sábado (10), às 21h. Na sexta-feira (09), o show é com a cantora Clara Telles. Veja a programação completa aqui.

A iniciativa do Sesc-DF tem como objetivo oferecer apoio aos artistas locais que ficaram desempregados por causa do fechamento de teatros, cinemas, museus, bibliotecas, circos, galerias de arte. “Esta segunda edição é uma forma que encontramos de continuar levando cultura para a população do DF. Mesmo com a flexibilização da abertura dos teatros, nós entendemos que as atividades online vão prevalecer até o fim do ano para que todos se sintam seguros”, afirma o coordenador de cultura do Sesc-DF, Alexandre Costa.

Até domingo o Youtube do Sesc-DF terá ainda Contação de histórias com Clarissa Portugal, teatro, com Grupo Pirilampo, e oficina de Flautas de Papel com Rogério Pereira. Para participar desta oficina é preciso se inscrever no link http://bit.ly/3jcsiVvinfantil2

Arte : Doop Jam agita a sexta-feira (09) no CW&Co

Grupo se apresenta ao vivo com sua performance criativa e cheia de personalidade

 A sexta-feira (09/10) será com a batida das picapes no CW&Co (SIG Quadra 3). A partir das 19h, se apresenta a banda Doop Jam, que mistura instrumental ao vivo aos beats eletrônicos junto da voz marcante da cantora Maboh. Inspirado em Daft Punk, Gorillaz e Chemical Brother, o line-up do DJ Einstein promete os melhores remix das músicas mais ouvidas no momento.

E para aquecer, o espaço oferece um happy hour especial (18 às 20h), com vinhos e espumantes com 20% de desconto. Além disso, estarão com dose dupla de cerveja (Heineken), Cozumel e drinks a base de gin.

CW&Co 

Um espaço completo que abriga duas das grandes paixões dos brasilienses: café e vinho. Esse é o CW&Co (SIG). Em um ambiente descolado, a casa oferece música ao vivo de quarta a sábado e os comensais podem aproveitar uma adega versátil, com rótulos nacionais e importados que variam entre R$70 e R$100,  além de um cardápio recheado de receitas deliciosas.

Doop Jam

A batida envolvente do House e suas variações, a sonoridade marcante do violino, solos vibrantes de um sax e sintetizadores, somados ao show à parte da vocalista, fazem o Doop Jam ser um projeto totalmente diferenciado na capital federal. 

CW&Co | Coffee, Wine & Co

Informações: (61) 9.8245-3100


Endereço: SIG Quadra 3 Bloco C loja 68


Couvert artístico: R$ 10 na hora 


Instagram: @coffeewineco



© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo