Nesta Terça feira a vovó blogueira recebeu no seu chá das Cinco master coach Bette Maria

Minha convidada desta terça feira dia 08/10 no meu Chá das Cinco,que acontece semanalmente, no meus instagram @malusilvainfluencer sempre as 17hs, segue o perfil da minha convidada:

A melhor forma de me apresentar é como uma ETERNA APRENDIZ, tenho
fome de conhecimento e recentemente descobri que há até um termo em
voga para isso: lifelong learning ou aprendizagem constante, que encontrase alicerçada em quatro pilares principais: aprender a conhecer, aprender

a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. Estes princípios se norteiam,
basicamente, em atividades autorreflexivas e de avaliação analítica, o que
resumidamente expressa meu  maior valor: a melhoria contínua. 
Breve Currículo:

• Primeira graduação acadêmica em Psicologia Clínica na UNIP/SP em 1984;
• Auditora da Receita Federal durante 30 anos – de 1985 a 2016;
• Segunda graduação acadêmica em Direito no IESB/Bsb em 2012;
• Formação em Coaching e Mastercoach pela Febracis em 2013;
• Mestrado de Coaching pela Florida Christian University/ Orlando/EUA em
2014, que teve como tese a elaboração do Programa Você+50 de bem com
a vida;

• Fundadora do Coaching+50 e Treinadora para ambos os sexos em 2015;
• Fundadora do Bette Maria+50 e Mentora para mulheres+50 em 2016;
• Palestrante e Fundadora do Clube Sou+50 para ambos os sexos em 2017;
• Diretora da empresa americana de turismo World Ventures desde 2018 e
turista profissional entusiasta do Clube de Viagens Dream Trips, com 33
viagens nacionais e internacionais nos últimos 2 anos;

• Especialmente nos últimos 7 anos imergiu no desenvolvimento humano, fez
uma total reinvenção na vida, cursou dezenas de cursos presenciais e
online, com mentores nacionais e internacionais, sempre no intuito de se
aperfeiçoar pessoal e profissionalmente e poder compartilhar com amigos,
clientes e equipes os aprendizados, especialmente os aplicados na própria
vida;

• Defensora apaixonada da causa da Longevidade, com o desejo de ajudar
milhares de pessoas disseminando a arte de envelhecer bem,
conhecimentos que tragam saúde e qualidade de vida. O mundo online nos
possibilita potencializar muito esta entrega.

MEU PORQUÊ: para ter autorrealização (plenitude) nesta fase da vida,
precisamos não apenas fazer o que se quer fazer, mas deixar de fazer aquilo
que não quer fazer.

MISSÃO DE VIDA: aprender e ensinar (compartilhar) sobre longevidade
com plenitude.

VISÃO: construir e apresentar uma Metodologia de vida que proporcione
paz de espírito, liberdade e alegria de viver a longo prazo.

VALORES: liberdade, paz, amor e alegria

Mercado publicitário valoriza cada vez mais modelos da terceira idade

Sonia Kaskanlian pronta para o início da sessão de fotos para uma nova campanha.
Basta um clique para que Sonia Kaskanlian, 63 anos, comece a caprichar na pose. Acostumada com as lentes, a sofisticação da mulher de 1,70 metro e manequim 40 faz dela uma modelo bastante requisitada pelo mercado publicitário. E o principal: ela é exemplo de autenticidade, tudo o que uma modelo da terceira idade precisa para fazer sucesso.

“Não existe restrição de idade e nem sempre se trata de beleza, mas de boa aparência e fotogenia. Desenvoltura e naturalidade com a câmera, seja em vídeo ou foto, também são requisitos importantes”, avalia Junior Mendes, head booker da agência de modelos Take Agency. Hoje, o casting da empresa conta com sete mulheres e seis homens, sem definição de idade máxima para desempenhar a profissão.

Segundo Mendes, todos os segmentos de mercado podem contar com modelos mais velhos para representar seus produtos e serviços em peças publicitárias e na televisão. “Contudo, geralmente se trata de composições familiares nos comerciais, com pai, mãe, filhos e avós”, explica o profissional.

Estímulo

O portfólio de Sonia, que é agenciada pela Bravo Model, foge um pouco do padrão geral. Desde que “modela”, ela já emprestou sua imagem para campanhas de moda, revistas e workshops, tal como qualquer outra profissional na casa dos 20 anos. “A profissão faz com que eu me sinta cada vez mais jovem, até porque ela exige que eu tenha uma vida realmente saudável e ativa. Ou seja, atividades como esportes e dança fazem parte da minha rotina”, conta.

E a demanda não para de crescer. “Estamos sempre em busca de novos talentos da terceira idade. As pessoas, em geral, não imaginam que podem trabalhar como modelos após os 30 anos, então não costumam procurar uma agência. E o mais curioso é que, depois de agenciados, o trabalho desempenhado por estes profissionais é muito mais do que uma fonte de renda extra, funcionando também como um hobby e uma terapia”, avalia Mendes.


Modelo da Take Agency,
Celso Moreira,tem 62 anos.
 No casting, só beleza madura
O sonho de ser modelo na juventude foi o que impulsionou a empresária e modelo Maria Rosa von Horn, de 58 anos, a investir na profissão na maturidade. “Não consegui concretizar meu sonho quando era mais nova porque não era uma atividade muito bem vista. Ao me deparar com a maturidade, e com mais tempo para mim mesma, resolvi arregaçar as mangas, fiz um curso e me tornei profissional. Percebendo a quantidade de mulheres que estavam muito bem com a chegada da idade, criei a Fiftymodels, que hoje é um sucesso”, conta.

A agência atua exclusivamente com mulheres acima de 45 anos. Os requisitos? Pele, cabelos e dentes bonitos e bem tratados. E alguns anos na conta, claro. Segundo Maria Rosa, quanto mais velha, mais chances de conseguir trabalhos. Com 25 modelos no casting, a agência conta com clientes dos mais variados segmentos, que vão de agências de publicidade a gigantes do setor de beleza e cosméticos. “Muitas modelos também fazem pontas em comerciais, figurações, curtas-metragens e desfiles”, salienta a empresária.

SERVIÇO
Take Agency, www.takeagency.com.br , Fiftymodels, www.fiftymodels.com.br ,Bravo Model, www.bravomodel.com.br

Sexo na terceira idade? Sim, por favor


Envelhecer não tem que ser sinónimo de menos sexo. Apesar de se recomendar prudência e cuidado ao experimentar aquelas posições mais acrobáticas...
Só porque já não está na mesma idade do que aqueles que vê em encontros escaldantes nas telenovelas ou nas séries de televisão, não significa que já não tenha desejo sexual e que vá viver uma vida solitária e sem prazer.

As pessoas mais velhas também praticam sexo. E recomenda-se. Mais ainda, segundo um estudo promovido pela instituição de caridade britânica Independent Age, até é mais provável que esta faixa etária o faça mais frequentemente.

O estudo analisou 2 mil indivíduos com mais de 65 anos, e registou que 52% dessas pessoas achavam que não faziam sexo suficiente e que gostariam de ter mais relações sexuais.
Casal faz ensaio  fotográfico nus
A pesquisa concluiu também que os indivíduos com mais de 65 anos esperam menos tempo para se envolverem intimamente com o parceiro. Cerca de um terço admitiu que não se opunha a sexo no primeiro encontro.
Já acima dos 75 anos, um em cada 10 inquiridos revelou ter mais do que um parceiro sexual.

Segundo Lucy Harmer, diretora da instituição Independent Age, a população mais idosa namora e sai mais do que nunca. “A idade não é nenhuma barreira para se ter uma vida sexual ativa, e geralmente as pessoas mais velhas são mais sexuais do que imaginamos”, diz.

“Relações de cariz mais intimo são muito importantes com o avançar da idade. Este tipo de relacionamentos próximos pode conferir apoio emocional, evitar a solidão e sentimentos de abandono, contribuindo para a atenuação de estados de tristeza extrema e até de depressão. Pessoas que se sentem melhor, também tendem a ser mais resilientes e a viver mais”, sublinha Harmer.
Um estudo anterior, promovido pelo site de encontros Score. Match’s Singles in America já tinha sugerido que de facto a vida sexual melhora a partir dos 60 anos. Divulgando, na altura, que de um grupo de cinco mil pessoas analisadas, as mulheres solteiras defendiam, em média, que o pico da sua vida sexual tinha sido aos 66 anos, enquanto os homens afirmaram que para eles foi aos 64 anos.

A Independent Age alerta ainda a população mais idosa para se proteger de doenças sexualmente transmissíveis. “Desde os anos 90 que se regista um aumento de doenças como a clamídia, a gonorreia e sem falar do HIV, entre os mais velhos. É necessário promover a educação sexual entre esta faixa etária e a comunidade médica têm que colocar os preconceitos, que restam, de lado, e informar estas pessoas sobre os riscos que correm e como podem desfrutar de uma vida sexual prazerosa, segura e feliz”, alerta Lucy Harmer.

Feira oferece serviços de saúde, palestras e orientações para a terceira idade

Evento gratuito acontece no Taguatinga Shopping e contará com diversos profissionais de saúde
De acordo com dados do IBGE, a expectativa de vida do brasileiro vem aumentando a cada ano. Isso é comprovado no cotidiano, com idosos buscando atividade física, cuidando da saúde e mais envolvidos com diversas tarefas do dia-a-dia. O acesso a tratamentos, tecnologias, e informações também colabora para uma sociedade mais ativa. Tudo isso está acessível na Feira da Longevidade, que acontece no Taguatinga Shopping, nos próximos dias 02, 03 e 04 de março.

Pensando nessa população, a Feira da Longevidade traz serviços, tratamentos e orientações valiosas para a melhor idade se cuidar cada vez mais e buscar desenvolvimento do corpo e da mente para estar mais ativo nas tarefas diárias. “Prometemos atrações, serviços de utilidade pública, palestras, apresentações e oficinas, além de um talk show exclusivo comandado pela jornalista Liana Alagemovits”, detalha uma das idealizadoras da feira, Rachel Formiga.
Para participar das oficinas, a organização do evento pede doações de leite e fraldas que serão doadas para instituições indicadas pelo Taguatinga Shopping. Como se trata de um evento focado também no valor humanitário , no dia 14 de dezembro a Feira da Longevidade fará, nos moldes do ano passado, um evento beneficente no Lar dos Velhinhos – ao lado do Núcleo Bandeirante – no dia 14 de dezembro. O evento conta com o apoio da Corretora de Seguros BRB, da CAESB, do DETRAN, do G15, da Associação Brasileira de Clubes da Melhor Idade do Distrito Federal – ABCMIDF, e da Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) e da Federação das Industrias de Brasília – Fibra, busca oferecer opções para qualidade de vida para os que querem viver mais e melhor!
Programação anual

Março – Taguatinga Shopping nos dias 2, 3 e 4
Abril – Casa Park nos dias 26, 27 e 28
Junho – Centro Comercial Gilberto Salomão nos dias 14, 15 e 16
Agosto – Brasília Shopping nos dias 23, 24 e 25
Outubro – Terraço Shopping nos dias 1, 2 e 3
Dezembro – Lar dos Velhinhos 14 de dezembro
Serviço: Feira da Longevidade
Data: 02, 03 e 04 de março de 2018
Local: Taguatinga Shopping
Inscrições para oficinas: diretamente no site 
do evento: www.portallongevidade.com.br

© Blog da MaluTodos os direitos reservados.
imagem-logo